Visitas de Estudo do Programa Transversal

Está aberta, até ao próximo dia 28 de março de 2013,  a  1.ª fase de submissão de candidaturas às Visitas de Estudo do Programa Transversal. Estas  ações, de curta duração  e âmbito  internacional, destinam-se  a decisores  políticos e especialistas dos setores da  educação e da formação profissional de diferentes  países e irão  ter lugar entre setembro de 2013 e fevereiro de 2014.

PROGRAMA TRANSVERSAL – COOPERAÇÃO POLÍTICA E INOVAÇÃO

VISITAS DE ESTUDO 2013-2014

ÚLTIMO CONVITE À APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
(bolsas para mobilidade individual)

Está aberta, até ao próximo dia 28 de Março de 2013,  a 1ª fase de submissão de candidaturas às Visitas de Estudo do Programa Transversal,  para atividades de curta duração a decorrer entre Setembro de 2013 e Fevereiro de 2014.
As Visitas de Estudo são uma atividade de curta duração (3-5 dias úteis) que decorre num país pertencente ao PALV e que possibilita o encontro de um grupo de 10-15 decisores políticos e/ou especialistas dos sectores da educação e da formação profissional, de diferentes países, para debaterem ou examinarem aspetos específicos da aprendizagem ao longo da vida.
Estas Visitas de Estudo são fóruns de discussão que visam promover a qualidade e a transparência dos sistemas de Educação e Formação Profissional dos Estados-membros, através do intercâmbio e da implementação de medidas de política e/ou de gestão. Tais medidas pressupõem mudanças ao nível institucional e político nos sistemas educativo e de formação profissional nacionais, com vista a alcançarem os objetivos identificados para a ação, nomeadamente:
• Apoiar a definição de políticas e a cooperação a nível europeu no domínio da aprendizagem ao longo da vida, designadamente no contexto da Estratégia de Lisboa e de Copenhaga e do Programa de Trabalho “Educação e Formação 2020”, bem como do Processo de Bolonha e seus sucessores.[1]
• Facilitar o intercâmbio de informação e de experiências entre responsáveis e especialistas dos sectores da educação e da formação profissional;
• Tomar conhecimento de abordagens adoptadas noutros países sobre o sector da educação e da formação profissional;
• Proporcionar aos responsáveis dos sectores da educação e da formação profissional informações fiáveis e actualizadas sobre ambos os sistemas a nível europeu.
Sendo as Visitas de Estudo um elemento de suporte à cooperação e definição de políticas a nível europeu, o papel a desempenhar pelas instituições ligadas aos sectores da Educação e da Formação Profissional reveste-se da maior importância nomeadamente na exploração de temas como:
• Encorajar a cooperação entre os mundos da educação, da formação profissional e do trabalho;
• Suporte à formação inicial e contínua de professores, formadores e diretores de instituições de ensino e formação profissional;
• Promover a aquisição de competências-chave através dos sistemas de educação e formação profissional;
• Promover a inclusão social e igualdade de género na educação e na formação profissional, incluindo a integração de populações migrantes;
• Desenvolvimento de estratégias para a aprendizagem ao longo da vida e mobilidade.
O PÚBLICO-ALVO
O presente convite destina-se aos decisores e aos especialistas em matéria de educação e formação profissional, designadamente:
• Diretores de estabelecimentos de ensino, formação e orientação profissionais;
• Diretores de serviços de acreditação (RVCC e CNO);
• Inspetores;
• Gestores de PME
• Gestores de Recursos Humanos e de Formação;
• Coordenadores de departamentos;
• Formadores de Professores;
• Conselheiros pedagógicos e de orientação profissional;
• Representantes de autoridades locais, regionais e nacionais;
• Representantes de Câmaras de Comércio / Indústria / Artesanato;
• Representantes de Organizações Patronais;
• Representantes de Organizações Sindicais;
• Representantes de Redes e de Associações de Educação e Formação Profissional;
• Investigadores.

COMO ESCOLHER UMA VISITA DE ESTUDO?
As visitas de estudo são escolhidas através de um Catálogo e devem estar sempre relacionadas com a actividade profissional do candidato.

O QUE É UM CATÁLOGO DE VISITAS DE ESTUDO?

O Catálogo é uma compilação de visitas de estudo, organizadas por instituições provenientes dos diversos Estados-Membros, que decorrem de Setembro a Junho e exploram temas através de três perspectivas diferentes:
• Educação geral (General Education type)
• Educação e formação vocacional (VET type)
• Aprendizagem ao longo da vida (Mixed type)
O Catálogo foi desenhado de forma a adequar-se aos diversos interesses profissionais e calendários do público-alvo.

Para aceder ao catálogo com as visitas disponíveis poderá consultar o anexo em versão PDF ou consultar os seguintes endereços: http://studyvisits.cedefop.europa.eu/ e www.proalv.pt

A SUBMISSÃO DA CANDIDATURA
A candidatura deverá respeitar os critérios definidos no Convite Nacional e ser submetida online, até ao meio-dia hora central europeia (11 horas da manhã, hora local), através da página do CEDEFOP em http://studyvisits.cedefop.europa.eu/ .

Uma vez validada, a candidatura deverá ser impressa, assinada (pelo candidato e representante legal da instituição) e enviada para a seguinte morada dentro do prazo legal de submissão:

Agência Nacional para o Programa Aprendizagem ao Longo da Vida
Praça de Alvalade, N.º 12
1749-070  Lisboa

Todas as regras de submissão de candidaturas encontram-se disponíveis para consulta em http://www.proalv.pt/Enterprise%20Portals/SystemFiles/Downloads/CONVITE_NACIONAL_PALV_2013_revisao-16-01-2013_V1.pdf